4 de fevereiro de 2009

Always look on the bright side of life...

...Tou tentando tá!



Pensei que a super viagem que fiz a Milão recentemente me ajudasse a superar as frustrações profissionais de que me vejo alvo diariamente, mas parece que não.
Pensei que me pudesse agarrar a esta fantástica jornada pensando nos aspectos positivos desta experiência (traumática) laboral nomeadamente o dinheiro que recebo para estar infeliz 8 horas por dia que posteriormente me permite fazer coisas em que estou muito feliz!
Afinal não! Afinal o regresso à realidade e ao quotidiano está a ser mais penoso especialmente com o acumular de noites mal dormidas.
Enfim, vou cantarolando esta musiqueta :)
Lá está, um aspecto positivo é que posso estar com auscultadores a ouvir as minhas melodias preferidas :D

2 comentários:

Hugo disse...

É normal. :)
Entretanto se estás mesmo infeliz é melhor ires procurar outra coisa com calma (se calhar fora da tradução, ja'que me disseste que tinhas errado vocação).

ainda somos novos, temos tempo para muita coisa!
Um beijo,

Hugo

Daniel C. disse...

Isto é muito simples, não é ciência espacial.

Se continuas infeliz no trabalho, sai. Como o cavalheiro em cima já tinha dito, há sempre mais lagos para nadar. Mesmo sendo nova, não há razão para continuares a 'sofrer' 8 horas por dia.

Sabes o que gostas de fazer, segue esse caminho!

Big Kiss *** ;)

Dan.